Pesquisar este blog

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Antes de ir para o IPL

Pois é...

2007 acabou e ele foi muito marcante em minha vida.
Todos os anos acontecem coisas que marcam, mas alguns anos são mais inesquecíves como um todo. Daqueles anos, como 2004 também foi, que servem de ponto de partida, um daqui pra frente...

Desejei na virada ao meu pai e meu tio, que 2008 seja um ano de colher o que a gente plantou em 2007. Eita "anim" sufriiiidu!

2007 foi o ano que minha vida definiu-se profissionalmente. O barco ancorou, digamos assim. Pelo menos por enquanto, até que eu resolva mudar, tá certo que sou professora, e muito feliz por isso.

Meu primeiro ano como professora efetiva. Sempre pegava um numero menos de aulas. Não tinha tantas turmas. Foi legal, desafiador para mim. E me sinto feliz, satisfeita, e orgulhosa do trabalho feito e bem feito.

Mas, a empolgação da iniciante deve ser um pouquinho freada em 2008. Aprendi que não posso abraçar o mundo com as mãos, que a gente tem que ser correto no que faz, mas todo exagero...
Simplificar, eu quero muito aprender isso. Sem perder meu amor pelo que eu faço com tanto prazer. Um prazer que supera os desprazeres.

E terminei o ano com mais coisas nas mãos do que eu podia suportar. Além dos livros do IPL pra ler, e as resenhas deles pra fazer.

E a vida não é só trabalho e ABU. (Sério gente! Eu faço outras coisas da vida, além da ABU. Sééério! êêêêêê...) Famíla, amigos, igreja, descansar, sair da rotina.... Monte de coisa.
Monte de coisa que foi atropelada nesse finzim de ano.

É por isso que estou aqui me explicando. E pedindo perdão para os atropelados por mim.
A quem me mandou convite de formatura e eu não fui nem ao culto, nem dei sinal de vida. Quem me mandou recadinho no orkut e parece até que nem li. Mensagem no cel que num respondi. Abraço de Feliz Ano Novo que eu não dei. Novidades que eu não contei. Filmes que eu não assisti. Musicas que eu não ouvi. Chamadas no msn que eu não atendi. Ah! Por qualquer coisa que não pude corresponder.

Perdoem-me please.

E orem por mim.

Bjuuuu

P.S. Feliz férias, e feliz 2008.

Um comentário:

  1. Sem perder meu amor pelo que eu faço com tanto prazer. Um prazer que supera os desprazeres.

    Eu acho que vc disse tudo nessa frase, minha amiga desconhecida.

    A vida é uma oscilação entre prazer e dores, por isso devemos não renunciar os momentos bons oferecidos por medo de....

    um 2008 tão bem vivido,tão intenso, que 2009 seja uma especulação apenas

    Tudo de bom!

    Charles

    ResponderExcluir